REDES SOCIAIS

Filhos de Victory Fly estremecem a Copa WV

E chegam a 127 tempos na casa dos 16 segundos e ultrapassam os 8.000 pontos pela ABQM

18/09/2018 22:48:04

Por Halysson Pontes Foto: Beto Negrão

A Máquina do Tempo Victory Fly

Produção da "Máquina do Tempo" ultrapassa os 8.000 pontos por RMT e se aproxima dos 130 tempos de dezesseis segundos, Victory Fly se mantém na liderança em pontos e em prêmios na temporada 2018.

Victory Fly VM (Apollo VM x Signed To Liberty por Signed To Fly) "O Garanhão dos Três Tambores" escreve mais um capítulo na história da raça Quarto de Milha e da modalidade de tambor no Brasil e ultrapassa os oito mil pontos pela ABQM se colocando como o maior reprodutor da década e o maior produtor de animais para três tambores de todos os tempos. O raçador permanece isolado na liderança do AWARDS pelo terceiro ano consecutivo e seus filhos assumiram lugar de destaque na Copa WV de Velocidade durante o último final de semana.

Na categoria Exibição, ST Vikita (Victory Fly VM x ST Sukita por Trouble Two Times) e Edson Carlos da Rosa foram TOP FIVE passando em 16,932 segundos, assim como Vikita quem também se destacou foi Onyx Fly LW (Victory Fly VM x Miss Gold Ease CEC por Holland Ease) conduzida por Marcos Monzinho anotando em 16,951 segundos e assegurando seu lugar no TOP TEN, ainda entre os mais rápidos estiveram Décio Talon e Victory Da Creekita (Victory Fly VM x Creekita Times por Shady Leo) que registraram 16,992 segundos. Pela classificatória do Potro do Futuro com mais de 130 inscritos, Gold Victory FNSL (Victory Fly VM x VF Gold By Design por Designer Red) brilhou se apresentando em 16,953 segundos e entrando para o "Clube dos Dezesseis" sob a sela de Edson Carlos. No disputadíssimo Tira Teima o consagrado Order A Victory LW (Victory Fly VM x Slostartfastfinish por Rare Bar) que também formou dupla com Edson, assegurou seu lugar no pódio graças a ótima marca de 16,780 segundos mas foi na Aberta Sênior que a dupla levantou a taça do título baixando seu tempo anterior para 16,705 segundos e se fazendo campeã.

Na Aberta Júnior Paris Fly LW (Victory Fly VM x Indiana Bull por Leo Cath Bid) e Monzinho ficaram entre os dez mais velozes e marcaram 16,975 segundos garantindo seu passaporte para "Clube dos Dezesseis". Pela aguardada final do Potro de Ouro, Miguel Mollo e Invicta Ta Victory (Victory Fly VM x Miss Lady Fame IMP por Dash Ta Fame) levantaram o público passando em 16,768 segundos entrando para o seleto clube e ficando com o título de reservados campeões. Na Amador Máster, Valdir Figueiredo e Little Girl Fly GKF (Victory Fly VM x Little Girl Pink por Mr Jay Bee Dee) se consagraram e venceram anotando 17,285 segundos e pela Jovem C Principiante, Filipe Figueiredo fez a dobradinha a bordo de Shady Victory 4M (Victory Fly VM x Grace Shady FF por Shady Leo) conquistando o título da categoria com o tempo de 17,230 segundos e o título de reservado campeão sobre a sela de Renna Fly Leo (Victory Fly VM x Henna Leo SZ por Shady Leo) fazendo 17,432 segundos. Por fim, na Copa Macabu Madame Fly LT (Victory Fly VM x Sandy Trouble ZD por Mr Trouble FF) e Douglas Santana foram os grandes campeões na Aberta Júnior com a marca de 17,965 segundos, o único tempo de "dezessete" na categoria.

Victory Fly se coloca como um ícone da raça Quarto de Milha ultrapassando aos 8.000 pontos pela ABQM além de se manter na liderança da temporada com mais de 1.600 pontos e cerca de R$ 720 mil em ganhos. Ao todo são 250 filhos pontuados e mais de 300 filhos premiados que detém mais de três milhões e trezentos mil reais em prêmios no cartel somente em três tambores, simplesmente o maior produtor da modalidade. São ainda 35 filhos no cobiçado "Clube dos Dezesseis" que contabilizam 127 tempos abaixo dos dezessete segundos. Victory Fly VM é comprovadamente por estatísticas o melhor garanhão nacional para três tambores já visto.

Maiores informações acessem www.victoryfly.com.br